segunda-feira, 25 de julho de 2016

5 PECADOS QUE PODEM DESTRUIR SEU RELACIONAMENTO...

ORGULHO

O orgulho é um dos sete pecados capitais, e pode ser especialmente destrutivo para um casamento. O orgulho nos impede de pedir desculpas – algo bastante comum em um relacionamento duradouro. Quando estamos em desacordo, é o nosso orgulho que nos faz querer estar certos, o que geralmente significa que a outra pessoa tem que estar errada. Para livrar o seu casamento do orgulho, concentre-se nas coisas boas sobre o seu cônjuge e seu relacionamento e expresse gratidão. E torne-se bom, realmente bom em pedir e aceitar desculpas genuínas.

DESCONTENTAMENTO

Expectativas não atendidas são responsáveis por uma grande parte de nossa infelicidade – mesmo que essas expectativas sejam irreais. O descontentamento tem pouco a ver com o que acontece no exterior e tudo a ver com nossa atitude e abordagem. Se você está achando que tudo o que seu cônjuge faz irrita você, tente algumas destas técnicas para trazer contentamento à sua vida – e seu casamento.

DISTRAÇÃO

No início de um relacionamento, seu foco é apenas no outro. Tempo para ficar juntos é prioridade. Após a fase de lua de mel se desvanecer – mesmo que o casal ainda se preocupe profundamente um com o outro – as pessoas caem na rotina de cuidar de crianças, trabalho e outras obrigações. Uma planta que não é constantemente regada e alimentada irá inevitavelmente murchar. O mesmo acontece aos relacionamentos.

MAL-ENTENDIDOS

Existe um nível de conforto no casamento. Quanto mais você conhece alguém, mais você pode antecipar seus sentimentos ou pensamentos. Mas, tenha cuidado – especialmente ao presumir algo negativo – não coloque palavras na boca de seu parceiro. Uma comunicação eficaz continua a ser importante em todas as fases de um relacionamento.

ACREDITAR QUE SEU CÔNJUGE O FARÁ FELIZ

Ninguém é obrigado a fazê-lo feliz. Ninguém pode lhe dar a felicidade. Você não irá encontrá-la, você só pode construí-la. Alguns dias – semanas ou anos – serão melhores ou piores do que outros.

Fonte: Fina e rica (Internet)