sábado, 30 de abril de 2016

A Inveja.

Quem nunca sofreu com a inveja? A inveja é uma vontade frustrada de possuir os atributos ou qualidades de outra pessoa, pois aquele que deseja tais virtudes é incapaz de alcançá-las. Veja esta pequena fábula.

Era uma vez uma cobra que começou a perseguir um vagalume que só vivia para brilhar. Ele fugia rapidamente, com medo da cobra. Fugiu durante um dia e ela não desistia, dois dias e nada da cobra desistir.

No terceiro dia, já sem forças, o vagalume parou e disse à cobra:

Vagalume: Posso lhe fazer uma pergunta?

Cobra: Não costumo abrir esse precedente para ninguém, mas já que vou te devorar mesmo, pode perguntar.

Vagalume: Pertenço à sua cadeia alimentar?

Cobra: Não.

Vagalume: Te fiz alguma coisa?

Cobra: Não.

Vagalume: Então por que você quer me comer?

Cobra: PORQUE NÃO SUPORTO VER VOCÊ BRILHAR!

Na sequência, reproduzo para você o texto “Pedras e Frutos” que escrevi para meu livro Atitudes Vencedoras. Ele sintetiza nossa reflexão de hoje.

PEDRAS E FRUTOS

Não se atiram pedras em árvores sem fruto; toda tentativa de apedrejamento visa sempre derrubar os frutos. Inocente ignorância dos apedrejadores, porque, mesmo conseguindo o feito, se esquecem de que os frutos caídos no chão experimentarão o tempo e a decomposição e voltarão a frutificar, de uma ou de outra maneira, pois cada semente dá origem à essência interior que carrega. Já as pedras caídas no chão permanecerão pedras, e as mãos que as atiraram terminarão vazias, tão vazias quanto o coração e a alma das pessoas que lhes ativaram o movimento.

Não permita que a inveja atrapalhe sua vida! Ela só te fará mal se você permitir. Como dizia Mário Quintana: “Todos estes que aí estão atravancando o meu caminho. Eles passarão. Eu passarinho.”


-Desconheço autor